3 motivos pra estudar ocultismo e esoterismo

“Vale a pena estudar ocultismo e esoterismo?”. Essa é a pergunta que eu mais ouço e vejo ser perguntada em fóruns e blogs, por isso, no post de hoje eu quero compartilhar com você 3 motivos para começar seus estudos ocultistas e esotéricos.

Antes de responder a pergunta acima feita por várias pessoas, é preciso entender o que é esoterismo e ocultismo.

Muita gente tem uma impressão errada do esoterismo e do ocultismo. Atribuem seus significados a estudos de magia negra, a poderes sobrenaturais, a satanismo, a ilusão, mas, muito ao contrário desses conceitos errôneos, o ocultismo e o esoterismo estão dentro das ciências ocultas, que estudam as leis universais, os fenômenos da Natureza, a natureza do ser humano, a sabedoria interior, e todos os mistérios do universo e de seu Criador.

Como você pode perceber, não há nada de ilusão nesses estudos. Muito pelo contrário, eles nos convidam a uma jornada em busca da Verdade.

Dentro das ciências ocultas encontramos a alquimia, a astrologia, a numerologia, o hermetismo, o tarot, a cabala, o cristianismo esotérico, entre outros tantos assuntos importantes que constroem o conhecimento acerca do mistério da vida.

Existem algumas figuras importantes no ocultismo e no esoterismo, que contribuíram muito para a definição dessas ciências ocultas. São eles: Eliphas Levi, Helena Blavatsky e Papus.

Ocultismo e Esoterismo por Éliphas Lévis

Éliphas Lévi, cujo nome verdadeiro era Alphonse Louis Constant, foi um influente escritor e ocultista francês do século XIX. Ele é conhecido por suas contribuições para o estudo do ocultismo e da magia, e seu trabalho teve um impacto significativo no movimento ocultista posterior.

Ele via o ocultismo como o estudo e a prática de conhecimentos esotéricos e místicos. Lévi acreditava que existia um conhecimento oculto que estava além do alcance da compreensão comum e que podia ser descoberto e acessado por meio de métodos e práticas ocultistas.

Para Lévi, o ocultismo envolvia a exploração dos aspectos mais profundos e ocultos da natureza humana, bem como a busca por um conhecimento mais elevado e transcendental. Ele estava interessado em trazer à tona o conhecimento oculto antigo e combiná-lo com conceitos modernos, como a ciência e a filosofia, a fim de obter uma compreensão mais completa do universo.

Lévi também enfatizava a importância da magia como parte do estudo ocultista. Ele acreditava que a magia não era simplesmente a execução de truques ou ilusões, mas sim a manipulação consciente das forças naturais e espirituais do universo por meio da vontade humana.

Em resumo, Éliphas Lévi via o ocultismo como um campo de estudo que buscava desvendar os segredos ocultos da natureza e do ser humano, explorando conhecimentos místicos, esotéricos e mágicos para alcançar uma compreensão mais profunda do mundo e da existência humana.

Ocultismo e Esoterismo por Helena Blavatsky

Helena Petrovna Blavatsky foi uma escritora e ocultista do século XIX, conhecida por ser uma das fundadoras da Sociedade Teosófica e por suas obras influentes sobre ocultismo e esoterismo. Ela desenvolveu uma filosofia abrangente que abordava aspectos do ocultismo, esoterismo e religião comparada.

Para Blavatsky, o ocultismo era o estudo das leis e fenômenos ocultos da natureza, que estavam além do conhecimento convencional e científico. Ela acreditava que existia um corpo de conhecimento oculto, transmitido por tradições antigas e sociedades secretas, que continha informações sobre a natureza da realidade, a evolução espiritual e a interconexão de todas as coisas.

Já o esoterismo, segundo Blavatsky, refere-se ao conhecimento interior e oculto que está além do conhecimento exotérico ou público. O esoterismo é a busca pelo conhecimento e sabedoria interior, uma compreensão mais profunda da natureza humana, da divindade e do universo. Blavatsky argumentava que o esoterismo estava presente em muitas tradições religiosas e filosóficas, e que esses ensinamentos ocultos poderiam levar à autorrealização espiritual e ao despertar da consciência.

Blavatsky defendia a ideia de uma “Doutrina Secreta” universal, que era a base de sua filosofia teosófica. Ela afirmava que essa doutrina estava presente em diferentes culturas e religiões ao longo da história, mas que havia sido velada e transmitida apenas para alguns poucos iniciados. Blavatsky procurou desvendar e apresentar esses ensinamentos ocultos em suas obras, como “A Doutrina Secreta” e “Ísis Sem Véu”.

Em resumo, para Helena Blavatsky, o ocultismo era o estudo das leis e fenômenos ocultos da natureza, enquanto o esoterismo referia-se ao conhecimento interior e oculto que leva à autorrealização espiritual. Ela acreditava em uma “Doutrina Secreta” universal presente em diversas tradições, que continha ensinamentos ocultos sobre a natureza da realidade e a evolução humana.

Ocultismo e Esoterismo por Papus

Papus, cujo nome verdadeiro era Gerard Encausse, foi um ocultista francês do final do século XIX e início do século XX. Ele fez contribuições significativas para o estudo do ocultismo e esoterismo, especialmente nas áreas da magia, cabala e tarot.

Papus via o ocultismo como o estudo das leis e fenômenos ocultos da natureza. Ele acreditava que havia um conhecimento oculto transmitido por tradições antigas, escolas iniciáticas e sociedades secretas, que abrangia desde a compreensão das forças naturais até os segredos da alma humana e da espiritualidade. Para Papus, o ocultismo envolvia a busca por um conhecimento mais profundo e uma exploração das dimensões ocultas da existência.

Papus via o esoterismo como o conhecimento interior e oculto que está além do conhecimento exotérico ou público. Ele acreditava que o esoterismo era um caminho para o autodesenvolvimento e a busca pela verdade interior. O estudo esotérico envolvia a exploração de símbolos, rituais, práticas mágicas e sistemas filosóficos que permitiam ao indivíduo aprofundar sua compreensão da realidade, da divindade e de si mesmo. Papus enfatizava a importância da união entre a ciência, a filosofia e o esoterismo, buscando uma visão mais completa e integrada do mundo.

Em resumo, de acordo com Papus, o ocultismo era o estudo dos aspectos ocultos da natureza e da espiritualidade, enquanto o esoterismo se referia ao conhecimento interior e oculto que levava à busca pela verdade interior e ao autodesenvolvimento. Ambos os termos envolviam uma exploração das dimensões mais profundas e ocultas da existência, buscando desvendar segredos e alcançar uma compreensão mais ampla e transcendental do universo.

Portanto, os três concordavam que o ocultismo é o estudo dos fenômenos ocultos da Natureza, enquanto o esoterismo é o estudo ao conhecimento interior que leva ao autodesenvolvimento. E um está completamente ligado ao outro. Não é possível um conhecimento interior profundo, sem conhecer os fenômenos da Natureza, e vice-versa, porque somos todos e tudo parte do UM.

É importante uma observação: existe uma diferença entre a palavra eSoterismo e eXoterismo.

Diferença entre Esoterismo e Exoterismo

A primeira, com S, vem do grego “eso”, que significa “dentro de”, é o saber interior, que vem de dentro, e com X, que vem do grego “exo”, significa que vem de fora, ou seja, são palavras completamente diferentes.

Não estamos interessadas no exoterismo, mas sim no esoterismo. Ele sim, é autêntico e seguro.

3 Motivos para Começar a Estudar Ocultismo e Esoterismo

Estudar ocultismo e esoterismo é uma jornada de autoconhecimento profundo, um mergulho na realidade universal.

É preciso estar aberta para receber esses ensinamentos, pois eles podem bater de frente com crenças limitantes que possam estar presentes no seu campo.

Essas crenças são comuns, pois crescemos dentro de um sistema, onde nos fazem acreditar em falsas verdades, e quando nos deparamos com a Verdade, pode ser chocante ao primeiro encontro.

É por isso que é preciso estar buscando por esses conhecimentos, é preciso querer mergulhar nesse oceano de luz e sabedoria, pois onde há muita luz, até nos acostumarmos com a claridade, pode arder os olhos.

Ao iniciar a sua jornada em busca da Verdade, com pouco tempo de estudo, você já perceberá uma expansão na consciência, maior clareza ao observar a vida e todos os seus aspectos. Você sentirá mais conexão com a Natureza. Seus sonhos se tornarão mais claros, e você também conseguirá entendê-los melhor.

Você começará a se conhecer mais, quebrará crenças limitantes e padrões que só servem para te limitar.

Você terá a mesma sensação que Neo, do filme Matrix, teve ao tomar a pílula vermelha: a libertação da “realidade” ilusória em que vivemos, e todos os seus sistemas e padrões.

Com tudo isso, você será capaz de enxergar o real do ilusório, a Verdade da teia de mentiras e manipulações que o mundo está envolvido.

Não existe outra palavra para definir o maior de todos os benefícios, senão, LIBERDADE.

Como você pode perceber, os motivos são vários, mas os 3 principais são:

✦ Expansão de consciência

✦ Quebra de crenças limitantes

✦ Liberdade

Mas como começar a estudar o ocultismo e esoterismo?

Existem duas maneiras de iniciar os seus estudos:

  • De maneira autodidata, através de livros referência nesses assuntos
  • Através das ordens iniciáticas sérias

Ordens Iniciáticas

As ordens iniciáticas são organizações que têm como objetivo transmitir conhecimentos esotéricos, ocultistas, filosóficos e espirituais a seus membros com o objetivo do aperfeiçoamento do ser humano para que tenha uma vida mais plena.

Esses conhecimentos são transmitidos gradativamente, dentro de uma hierarquia de graus.

Ordens Sérias para Conhecer:

3 livros pra iniciar seus estudos autodidatas

o caibalion – os três iniciados

O Caibalion é um livro esotérico que apresenta os princípios da Filosofia Hermética, também conhecida como Hermetismo. O livro é atribuído a “Três Iniciados”, pseudônimo coletivo que mantém a autoria anônima. Publicado no início do século XX, “O Caibalion” se baseia nas tradições herméticas antigas e oferece um conjunto de princípios filosóficos e espirituais para compreender a natureza do universo e do ser humano.

O título “O Caibalion” refere-se ao conceito de Caibalion, que é uma palavra derivada de “Kherubim”, uma das antigas palavras hebraicas para designar os seres angélicos de nível elevado. O livro é estruturado em sete princípios fundamentais, que são considerados as leis universais da vida e da existência. Esses princípios são apresentados em uma linguagem acessível e são aplicáveis em diversas áreas da vida, desde a espiritualidade até os aspectos práticos do cotidiano.

Os sete princípios herméticos abordados em “O Caibalion” são:

  1. O Princípio do Mentalismo: “O Todo é Mente; o Universo é Mental”.
  2. O Princípio da Correspondência: “O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima”.
  3. O Princípio da Vibração: “Nada está parado; tudo se move; tudo vibra”.
  4. O Princípio da Polaridade: “Tudo é duplo; tudo tem polos; tudo tem seu oposto; o igual e o desigual são a mesma coisa; os extremos se tocam; todas as verdades são apenas meias-verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados”.
  5. O Princípio do Ritmo: “Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação”.
  6. O Princípio de Causa e Efeito: “Toda causa tem seu efeito; todo efeito tem sua causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o acaso é apenas um nome dado a uma lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, mas nada escapa à Lei”.
  7. O Princípio de Gênero: “O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e feminino; o gênero se manifesta em todos os planos da criação”.

“O Caibalion” explora esses princípios herméticos para oferecer uma compreensão mais profunda da realidade e do papel do indivíduo dentro dela. O livro tem sido uma fonte de inspiração e estudo para aqueles interessados na filosofia esotérica e na busca do autoconhecimento.

Tratado Elementar de Ciências Ocultas – Papus

Esse livro é essencial para todo iniciante no ocultismo e esoterismo. De forma simples, Papus apresenta a história do mundo, uma análise do antigos mistérios: hermetismo, astrologia, magia, alquimia, teosofia, o significado dos números, o plano astral, geometria sagrada, cabala, e outros assuntos importantes para a introdução dos seus estudos.

O objetivo do “Tratado Elementar de Ciências Ocultas” é fornecer uma introdução acessível e abrangente às várias disciplinas e práticas dentro do campo das ciências ocultas. Papus apresenta uma visão geral dos princípios, teorias e práticas relacionadas ao ocultismo, oferecendo um guia para aqueles interessados em mergulhar nesse campo de estudo.

Além de fornecer informações sobre as várias disciplinas ocultas, Papus também explora conceitos filosóficos e espirituais subjacentes a essas práticas. Ele discute temas como a natureza da realidade, a evolução espiritual, a relação entre o homem e o cosmos, a existência de planos sutis da existência e a busca pela sabedoria interior.

É um livro de cabeceira que será um guia para se aprofundar nas ciências ocultas, daqueles must-have.

A Voz do Silêncio – Helena Blavatsky

Em A Voz do Silêncio, a mãe do esoterismo, Helena Blavatsky, reúne os principais ensinamentos a serem estudados por aqueles que buscam a iluminação, apresentando dois caminhos para a realização espiritual: a busca da Verdade para sua própria iluminação e o autoconhecimento como ferramenta de compaixão, para o bem de toda a humanidade.

É considerado um dos livros mais esotéricos escritos por Blavatsky, e essa edição da editora Ajna é especial, não só pela sua beleza e qualidade editorial (o livro é lindo), mas principalmente porque a tradução para o português foi feita por Fernando Pessoa.

A jornada ocultista esotérica é um caminho de iluminação, incrível, mágico, que promove um despertar e um mergulho no seu Eu interior e mais profundo. É um caminho de expansão de consciência, na minha opinião, libertador.

Qualquer que seja a maneira de iniciar os seus estudos, pode ter certeza que encontrará as chaves certas para abrir as portas da Verdade e chegar à compreensão do mistério da Vida.

Um abraço,

Priscila Serato


Descubra mais sobre A Casa Mágicka

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe uma resposta

plugins premium WordPress

Descubra mais sobre A Casa Mágicka

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading